O Mao até não foi mau.


A Voz Portalegrense colocou online a reportagem publicada na revista Sábado da semana passada, sobre o que é ensinado nos nossos manuais escolares de História. O artigo está dividido por cinco posts, cada um deles mais assustador que as sobrancelhas do Álvaro Cunhal.

I - O comunismo foi positivo para a economia, o Exército Zapatista é um “movimento social” e a globalização quer transformar o mundo num “vasto casino”.

II - “Se, na URSS, a acção de Estaline provocou milhares de mortos e a deportação de milhões de pessoas para campos de trabalho forçado na Sibéria, nos EUA a perseguição ao suspeitos de simpatizarem com o comunismo e de promoverem actividades antiamericanas transformou-se numa verdadeira “caça às bruxas” que ficou conhecida por maccarthismo.” in Novo História 9, Texto Editores

III - "Os EUA possuem as armas mais poderosas da terra, um assustador arsenal de alta tecnologia que lhe oferece várias opções para aniquilar o inimigo." in Caminhos da História, 12° ano, ASA, volume III

IV - “A ‘revolução cultural’ saldou-se em dois milhões de mortos, cem milhões de perseguidos e vinte milhões de jovens enviados, após o fim do movimento, para campos de reeducação.” in O Tempo da História, 12° ano, Volume II Porto Editora

Uns meros 2 milhões. O Hitler foi muito pior!

V - "Actualmente, Fidel Castro continua a ser o dirigente de Cuba. O país atravessa sérias dificuldades devido à continuação do bloqueio e tenta ultrapassá-lo através de uma aproximação à Europa.” in Novo Clube de História 9, parte II, Porto Editora

Aguardo ansiosamente a reacção da D. Palmira no 5dias.
Pin It

2 comentários: